domingo, 18 de janeiro de 2009

Convite

Hoje lanço um convite para uma viagem interessante, uma viagem dentro da "Caixinha que domina o mundo" - O Computador:


Aceite o meu convite, clicando no vídeo abaixo:


Vídeo: Viagem dentro do Computador:

Sociedade: Actuo em novas formas de aquisição de competências face às TIC, compreendendo os seus usos nas organizações e relacionando-os com as literacias e qualificações exigidas aos profissionais na sociedade da informação.


Tecnologia: Actuo na esfera da vida profissional promovendo o recurso às tecnologias de suporte às TIC (micro electrónica, ecrãs, etc.).


Ciência: Actuo na vida profissional, com conhecimentos científicos básicos de funcionamento dos equipamentos de suporte às TIC (por exemplo, o computador, o monitor de cristais líquidos, a aritmética binária, etc.).

segunda-feira, 12 de janeiro de 2009

NG5 - TIC - DR2

DR2 - Micro e Macro Electrónica
___________________________________________________________________
Perspectivar a interacção entre a evolução tecnológica e as mudanças nos contextos e qualificações profissionais.
___________________________________________________________________
"As Tecnologias da Informação e da Comunicação – TICs – estão cada vez mais presentes nas nossas actividades enquanto profissionais ou simplesmente enquanto seres humanos, criadores de conhecimento e utilizadores da informação.
A forma como nos organizamos, trabalhamos, divertimos e até pensamos, é influenciada pela utilização das tecnologias, que deixam assim o seu papel, de ser apenas mais um instrumento, para ocuparem o papel de mediadores entre a informação e as capacidades e necessidades de indivíduos e organizações.
Estes dois parágrafos apontam tendências que qualquer um de nós pode reconhecer ou, em oposto, não compreender. Esta dualidade de posições é precisamente um dos perigos que enfrentamos, qualquer que seja a nossa profissão ou responsabilidade e independentemente da nossa capacidade de lidar com a informação. O nosso valor, enquanto elementos úteis à sociedade sai, também ele, afectado dos conhecimentos que possuímos das Tecnologias de Informação e do Conhecimento, e da forma como conseguimos potenciar esse conhecimento para fazer, talvez mais, melhor e com menor esforço, mas acima de tudo, como forma de garantir um papel actuante em termos de cidadania e da nossa capacidade de continuar a aprender e evoluir. Tal resulta em seres humanos mais educados e mais habilitados, para intervir na Sociedade da Informação e do Conhecimento."

Texto retirado integralmente de: http://www2.ufp.pt/~lmbg/livro_ict03.htm#Cidades


Tópicos de Exploração:


Sociedade:

  1. Identifico diferentes práticas sociais relativamente ao computador em contextos profissionais (por exemplo, maior ou menor intensidade de uso consoante as profissões).

  2. Relaciono os usos dos computadores com os perfis de literacia e os perfis sociais da população portuguesa (por exemplo: compreender as diferenças de utilização entre pessoas mais qualificadas e menos qualificadas ou por idades).

  3. Exploro mecanismos formais e informais de aquisição de competências em TIC como forma de inserção ou reconversão profissional (por exemplo, auto-formação, apoio de familiares e colegas de trabalho, acções de formação profissional em TIC, cursos pós--laborais, ensino recorrente para adultos).
Tecnologia:

  1. Identifico várias aplicações informáticas e diferentes sistemas operativos (por exemplo, nos sistemas operativos, Windows 2000, Windows XP, Linux e nas aplicações informáticas, o Office, o Photoshop, o Winzip, etc.).
  2. Compreendo as vantagens e desvantagens de vários programas e sistemas operativos para a realização de determinadas funções (por exemplo, utilizar o Word para processamento de texto e não o Notepad, reconhecer o Photoshop como ideal para tratamento de imagem e fotografia, nomear o Adobe Acrobat como o formato de criação de documentos com elevada portabilidade, etc.).
  3. Relaciono a produtividade informática com a evolução tecnológica das aplicações e a crescente capacidade de cálculo, memória e armazenamento em disco (por exemplo, a gravação vídeo com qualidade, a manipulação de som digital, etc.).

Ciência:

  1. Identifico com precisão características diferentes nos monitores dos computadores (por exemplo, dimensão, peso, brilho, contraste, definição, ângulo de visão, consumo, etc.), assim como o sistema de representação binário.
  2. Compreendo o princípio de funcionamento de um monitor CRT (tubo de raios catódicos) e de um TFT-LCD (ecrã plano cristais líquidos com transístores de filme fino) (por ex., que o CRT é um ecrã de emissão e o TFT-LCD de transmissão, etc.) e a aritmética binária.
  3. Relaciono o modo de funcionamento de um CRT com fenómenos de emissão termo-iónica, aceleração e focagem de feixe de electrões por campos eléctricos e magnéticos, fluorescência estimulada por feixe de electrões, e o modo de funcionamento de um TFT-LCD com fenómenos de polarização de luz, alteração da polarização de luz por cristais líquidos em campos eléctricos, fabricação de matrizes de transístores de filme fino que controlam a carga e descarga de cada pixel, etc, e ser capaz de codificar num sistema binário operações lógico-aritméticas.

Vídeo: WINDOWS VISTA AERO VS LINUX UBUNTU BERYL




Sociedade: Actuo em novas formas de aquisição de competências face às TIC, compreendendo os seus usos nas organizações e relacionando-os com as literacias e qualificações exigidas aos profissionais na sociedade da informação.

Tecnologia: Actuo na esfera da vida profissional promovendo o recurso às tecnologias de suporte às TIC (micro electrónica, ecrãs, etc.).

Ciência: Actuo na vida profissional, com conhecimentos científicos básicos de funcionamento dos equipamentos de suporte às TIC (por exemplo, o computador, o monitor de cristais líquidos, a aritmética binária, etc.).